‘Pela terra alheia’: The hispanidad in the literary journalism of Ramalho de Ortigão

Vanda Cristina Rosa. CAPP – ISCSP (Universidade de Lisboa) (Portugal)

RESUMEN

Ramalho Ortigão foi um jornalista literário português na viragem do século XX que, além de se preocupar com o estado do seu país em todas as vertentes (educacionais, culturais, políticas, socias), viajou também por vários países dos continentes europeu e americano. Na sua obra em dois volumes, Pela terra alheia, parte de Portugal para a Europa e a sua primeira paragem no estrangeiro acontece em terras espanholas, às quais dedica um volume inteiro. Atento às cores, aos cheiros, sons e tradições, Ramalho descreve-nos uma realidade diferente da portuguesa, não deixando de transmitir as suas sensações perante esta alteridade e de fazer críticas quando as considera pertinentes. Do outro lado do oceano, a Argentina merece algumas páginas deste escritor/viajante. Num artigo curto, escreve sobre o que lhe desperta a atenção na capital, Buenos Aires, e na pampa argentina. Veremos, assim, de que forma Ramalho Ortigão perceciona as realidades de dois países hispânicos nos dois lados do Oceano Atlântico.

ABSTRACT

Ramalho Ortigão was a Portuguese literary journalist at the turn of the twentieth century who, besides being concerned about the state of his country in every aspect (educational, cultural, political, social), also travelled in several countries of the European and American continents.
In his two-volume book, Pela terra alheia (In foreign land), he leaves Portugal and heads to Europe and his first stop is in Spain, to which he dedicates one volume. Paying attention to the colours, scents, sounds and traditions, Ramalho describes us a reality that is different from the Portuguese one, also transmitting his feelings provoked by this alterity and criticizing it whenever he considers it necessary. On the other side of the ocean, Argentina deserves some pages of this writer/traveller. In a short article, he writes some aspects of the capital, Buenos Aires, and of the Argentinian pampa. Through his perception, it is possible to see the way Ramalho Ortigão looks at the realities of two Hispanic countries on both sides of the Atlantic Ocean.

PALABRAS CLAVE /KEYWORDS

Jornalismo literário, Ramalho Ortigão, Espanha, Argentina, alteridade

Literary journalism, Ramalho Ortigão, Spain, Argentina, alterity

DESCARGA